"Não é evidente que estejamos numa situação de bolha imobiliária"

Economista Filipe Garcia considera que alertas recentes das instituições têm como destinatários bancos e particulares e diz que a situação em Portugal não se pode comparar com outras cidades.

A agência de notação financeira Moody's acredita que Portugal vai liderar a subida nos preços das casas até 2020, estimando subidas de 7% a 8%. "Portugal, Holanda e Irlanda deverão ser os que mais irão beneficiar com a valorização dos preços das casas nos próximos dois anos", explicou a agência ao Dinheiro Vivo, esta quinta-feira.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais