Rússia estendeu a detenção de Brittney Griner por mais um mês. EUA falam em detenção "ilegal"

Brittney Griner foi presa na Rússia há quase três meses por posse ilegal de droga. O tribunal russo estendeu agora a detenção para mais um mês.

Brittney Griner está há quase três meses presa na Rússia e a sua situação mantém-se sem resolução: enquanto os EUA querem libertar a atleta e falam em ilegalidades, os russos relembram a posse de droga e atacam o "desejo de politizar" o caso.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais