Pilotos portugueses sem dinheiro para participar na Red Bull

Pilotos portugueses sem dinheiro para participar na Red Bull
Carlos Torres 01 de setembro de 2017

Participar no campeonato mundial das corridas de aviões custa 1 milhão de euros por ano. As explicações do piloto Luís Garção à SÁBADO, desde a velocidade máxima às técnicas para enfrentar as forças da gravidade

Um minuto. É este o tempo que demora um avião da Red Bull Air Race a cumprir o percurso sobre as águas do rio Douro. E gasta apenas 1,5 litros de gasolina.

Estas curiosidades sobre a corrida de aviões que se vai realizar nas margens do Porto e Gaia nos próximos dias 2 e 3 de Setembro foram avançadas à SÁBADO por Luís Garção, de 57 anos.

O piloto da TAP, que tem uma empresa de acrobacias aéreas (a Aerobática), é o consultor aeronáutico para a Red Bull Air Race em Portugal. "Faço a ligação entre a Red Bull e as autoridades aeronáuticas portuguesas", explica.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais