Pacquiao vai deixar o boxe para seguir a política

Pacquiao vai deixar o boxe para seguir a política
SÁBADO 05 de janeiro de 2016

Filipino, vencedor de oito títulos mundiais, vai realizar o último combate contra Timothy Bradley

O filipino Manny Pacquiao anunciou que vai abandonar a carreira de pugilista após o combate com Timothy Bradley, em Abril, para se concentrar na sua carreira política, afastando a possibilidade de um novo encontro com Floyd Mayweather.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais