Bruno de Carvalho: "Hoje recuperei um pouco da minha crença na Justiça"

Record 11 de março de 2020

Ministério Público disse não ter provas que ex-presidente do Sporting soubesse ou tivesse incitado ao ataque à Academia do Sporting.

O Ministério Público (MP) disse esta quarta-feira não ter provas de que Bruno de Carvalho soubesse ou tivesse incitado os atos violentos praticados por 41 dos 44 arguidos, nas alegações finais do processo do ataque à Academia do Sporting, o que já levou o ex-presidente do Sporting a reagir.

"Hoje recuperei um pouco da minha crença na Justiça", considerou Bruno de Carvalho numa publicação nas redes sociais.

"O pedido de absolvição, por parte do MP, foi, para mim, uma notícia merecida e que dedico à minha companheira, às minhas filhas e pais, aos meus advogados (em especial ao Miguel) e às pessoas que sempre lutaram pela crença na minha inocência e pela reposição da verdade", continuou.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais