União Europeia e Nações Unidas defendem o direito à terra para acabar com a fome

CM 10 de outubro de 2017

Comité de Segurança Alimentar Mundial da ONU aprovou, há cinco anos, diretrizes voluntárias de apoio à implementação de normas em diferentes países.

Por Correio da Manhã

A União Europeia e o Fundo da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO) defenderam esta terça-feira o direito à posse de terra das comunidades locais de forma a erradicar a fome e a pobreza nos países em desenvolvimento.

O Comité de Segurança Alimentar Mundial da ONU aprovou, há cinco anos, diretrizes voluntárias para a governança responsável da posse de terra, pesca e florestas e desde então já foram lançados 225 programas de apoio à implementação dessas normas em diferentes países.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login