Terrorista extraditado de Portugal para a Índia foi condenado

CM 17 de junho de 2017

Abu Salem conhece na segunda feira a pena. Índia comprometeu-se a não aplicar pena capital.

Por Correio da Manhã

Abu Salem, o indiano extraditado de Portugal para a Índia que é acusado da autoria de um atentado terrorista que matou 257 pessoas em 1993, foi esta sexta-feira condenado por um tribunal especializado em terrorismo, em Bombaim.

Os juízes consideram que Abu Salem e outras cinco pessoas são os autores do atentado. Foram considerados culpados dos crimes de atividades terroristas, homicídio e conspiração, mas as sentenças só vão ser anunciadas na próxima segunda-feira. O tribunal deu como provado que Salem transportou armas de Gujarat para Bombaim, na véspera do atentado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login