Tabaqueira quer duplicar quota de mercado do tabaco aquecido em 2019

Negócios 12 de dezembro de 2018

A Tabaqueira pretende duplicar a quota de mercado do seu produto de tabaco aquecido em Portugal no próximo ano para 8% do total das vendas de tabaco no país. Novos sabores e alargamento da venda em máquinas são apostas.

Por Pedro Curvelo - Jornal de Negócios

A Tabaqueira pretende duplicar a quota de mercado do seu produto de tabaco aquecido em Portugal no próximo ano para 8% do total das vendas de tabaco no país, indicou esta quarta-feira, 12 de Dezembro, o director-geral da empresa, Miguel Matos, num encontro com jornalistas.

O responsável referiu que no final de Novembro, a quota de mercado do tabaco aquecido da Philip Morris International (PMI), casa-mãe da Tabaqueira, cifrava-se em 4% em Portugal. Para o próximo ano, o objectivo é atingir uma fatia de 8% do mercado, adiantou.


Nesse sentido, a Tabaqueira pretende alargar a venda dos maços de tabaco aquecido, comercializados sob a marca Heets, nas máquinas de venda automática. Até ao final deste ano, disse Miguel Matos, o produto deverá estar disponível em cerca de quatro mil máquinas de venda automática.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login