Rússia destrói últimas reservas de armas químicas

CM 27 de setembro de 2017

Vladimir Putin aproveitou ocasião para acusar EUA de não cumprirem "as suas obrigações" nessa matéria.

Por Correio da Manhã

A Rússia vai destruir esta quarta-feira as últimas reservas de armas químicas herdadas da era da Guerra fria, anunciou o Presidente Russo, Vladimir Putin, que acusou os Estados Unidos não cumprirem "as suas obrigações" nessa matéria.

"As últimas reservas de armas químicas do arsenal russo vão ser destruídas hoje", disse Putin em declarações a uma televisão russa, considerando tratar-se de um "evento histórico".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login