Reino Unido não vai virar as costas à Europa

CM 27 de junho de 2016

Garantia deixada por David Cameron.

Por Correio da Manhã

O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, disse esta segunda-feira no parlamento que, apesar da saída do país da União Europeia (UE) não vai virar as costas à Europa.

Naquela que foi a sua primeira declaração na Câmara dos Comuns sobre o referendo de quinta-feira, que deu a vitória ao 'Brexit', Cameron reconheceu que a decisão "soberana" do povo tem de ser respeitada, apesar das negociações se preverem "complexas" e "difíceis".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login