Rapper norte-americano confessa estar envolvido na morte de Tupac Shakur

CM 04 de julho de 2018

Duane Keith Davis admitiu envolvimento em entrevista para um documentário da Netflix.

Por Correio da Manhã

O rapper norte-americano Duane Keith Davis confessou o seu envolvimento na morte do também rapper Tupac Shakur, em 1996, em entrevista para um documentário da Netflix.

Duane Keith, mais conhecido por Keefe D., disse ter testemunhado o homicídio de Tupac a partir do carro de onde foram disparadas as balas que mataram o rapper, referindo que agora é a única pessoa viva que pode contar a história. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui