"É prematuro" falar de responsabilidades em fogo de Pedrógão, diz Marcelo

CM 07 de dezembro de 2017

Incêndios na região mataram mais de 40 pessoas em junho.

Por Correio da Manhã

O Presidente da República considerou esta quinta-feira "prematuro falar de responsabilidades" no incêndio de junho em Pedrógão Grande, alertando que ainda decorre o trabalho do Ministério Público para apurar causas sobre o que aconteceu.

"Neste momento, é prematuro falar de responsabilidades apuradas ou de factos que apontem para responsabilidades. Vale a pena esperar e ver as conclusões a que chegam", disse Marcelo Rebelo de Sousa, no Porto, no fim de uma cerimónia de imposição de insígnias nos Paços do Concelho.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login