PSP do Porto pede reforço urgente de efetivos

CM 09 de agosto de 2016

Comandante diz que já não consegue "fazer omeletas sem ovos".

Por Correio da Manhã

O comandante metropolitano do Porto da PSP alertou esta terça-feira para a necessidade urgente de reforço de efetivos daquela polícia, que tem menos agentes que em 2000 e já não consegue "fazer omeletas sem ovos".

"É no potencial e capital humano que sentimos os nossos maiores constrangimentos. Desde 2012 o Comando Metropolitano da PSP do Porto perdeu mais de 200 agentes, ou seja, é como se de repente tivéssemos encerrado mais de dez esquadras", afirmou Miguel Mendes durante a cerimónia comemorativa do 149.º aniversário daquela estrutura policial.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login