Portugueses incorporam insetos em bolachas e pão como fonte proteica

CM 26 de maio de 2018

Empresas estão a criar larvas de insetos que transformam em farinhas para incorporar nos alimentos.

Por Correio da Manhã

Empresas portuguesas estão a criar larvas de insetos que transformam em farinhas para incorporar em bolachas, pão, patés, barras proteicas, tornando ricos em proteína animal alimentos que apenas aguardam autorização europeia para entrarem no mercado da alimentação humana.

"Há muitos anos que os humanos comem insetos. No mundo ocidental deixámos de comer em certa altura da história e o que está em jogo neste momento é voltarmos a comer", disse à Lusa José Gonçalves, fundador da Nutrix, empresa de Leiria que produz framboesas biológicas e que tem em fase experimental a produção de larvas de grilo para alimentação humana.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login