Portugueses em França dos dois lados da barricada

CM 06 de maio de 2017

Carlos Sousa apoia Emmanuel Macron e confia na vitória. Manuel Domingues vota em Le Pen.

Por Correio da Manhã

O português Carlos Sousa, emigrado em França há mais de 40 anos, é um dos coordenadores da campanha presidencial de Macron. O consultor financeiro, natural de Loulé, não duvida que o candidato centrista ganhará amanhã: "O coração diz que as eleições não podem estar perdidas, mas a razão teme pela forte abstenção", explica ao CM Carlos Sousa, 55 anos, que conheceu Emmanuel Macron quando este era ministro da Economia e preparava a nova Lei do Trabalho.

A um dia da votação decisiva, o português não esconde alguma revolta contra parte da comunidade portuguesa. "Foi uma desilusão ver compatriotas a apoiarem Marine Le Pen. Não entendo como emigrantes votam contra a entrada de imigrantes em França ", frisa.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login