Portugueses casaram-se mais e divorciaram-se menos

Negócios 15 de novembro de 2018

O peso dos casamentos civis tem vindo a aumentar de ano para ano e já corresponde a dois terços do total. As uniões entre pessoas do mesmo sexo registaram o valor mais alto desde pelo menos 2011.

Por Catarina Pereira - Jornal de Negócios

O número de casamentos aumentou pelo terceiro ano consecutivo, enquanto o número de divórcios recuou pelo segundo ano, de acordo com as estatísticas demográficas divulgadas esta quinta-feira, 15 de Novembro, pelo Instituto Nacional de Estatística.

O peso dos casamentos civis tem vindo sempre a subir e no ano passado já representou dois terços do total (65,9%), enquanto os casamentos católicos recuaram para cerca de um terço em 2017 (33%), quando cinco anos antes representavam 38% do total.

Ao contrário do que aconteceu em 2016, a subida do número de casamentos não se deveu essencialmente à formalização das uniões de pessoas do mesmo sexo.

No ano passado houve 36,6 mil casamentos, num aumento de 3,8% face ao ano anterior. Os divórcios caíram 3,4%, para cerca de 21 mil.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui