Pelo menos 14 feridos em marcha organizada pela oposição venezuelana

CM 01 de maio de 2017

Polícia reprimiu marcha de milhares de opositores com bombas de gás lacrimogéneo.

Por Correio da Manhã

Pelo menos 14 pessoas ficaram feridas esta segunda-feira quando as forças de segurança reprimiram, com bombas de gás lacrimogéneo, milhares de opositores que pretendiam marchar até ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ), no centro de Caracas.

Os opositores partiram de diversos pontos de Caracas, para assinalar o Dia do Trabalhador e também um mês de protestos contra o Governo do Presidente Nicolás Maduro e contra duas sentenças (de 30 de março) em que o STJ limita a imunidade parlamentar e assume as funções do parlamento.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login