Pais pedem mudança legislativa para que greve de docentes não afete alunos

CM 09 de junho de 2018

Estruturas sindicais, entre as quais a Fenprof e a FNE, marcaram uma greve às avaliações.

Por Correio da Manhã

Os pais e encarregados de educação querem que o Governo altere a legislação relativa às reuniões de avaliação para que os alunos não sejam prejudicados por greves de professores, tal como está a acontecer atualmente.

A posição é da Confederação Nacional de Associações de Pais (Confap), que este sábado esteve reunida e decidiu pedir a intervenção "urgente" do Ministério da Educação (ME) para acautelar a situação dos alunos, contou à Lusa o presidente da Confap, Jorge Ascensão.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login