Misericórdia de Penela recusa intoxicação alimentar

CM 28 de novembro de 2017

Provedor informou que os utentes da instituição foram transportados ao hospital com gripe.

Por Correio da Manhã

O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Penela recusou que a situação de emergência que levou esta terça-feira 18 utentes da instituição aos hospitais de Coimbra tenha tido origem numa intoxicação alimentar.

"Não há intoxicação alimentar nenhuma, foi um foco gripal mais complicado por se tratar de uma população idosa e débil, como são os utentes do lar. Lamento o alarmismo que se gerou em redor disto", disse à agência Lusa Fernando Antunes.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login