Ministro da Educação defende necessidade de escolas desenhadas à medida

CM 23 de outubro de 2017

Tiago Brandão Rodrigues lembrando que a Educação é a "mãe de todas as políticas".

Por Correio da Manhã

O Ministro da Educação lamentou hoje o fim do Plano Tecnológico da Educação, durante uma conferência internacional em Lisboa em que defendeu a necessidade de criar uma "Escola-Alfaiate", desenhada à medida de cada um.

"Temos que recuperar o atraso provocado pelo fim do Plano Tecnológico da Educação, uma decisão errada que criou um "défice oculto" nas competências de muitos dos nossos alunos", criticou Tiago Brandão Rodrigues, durante o seu discurso na Conferência Internacional Educação/2017 Inovação: Na Escola e pela Escola", que começou hoje na Fundação Gulbenkian, em Lisboa.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login