Mesut Özil abandonou a seleção alemã e até Angela Merkel se pronunciou

CM 23 de julho de 2018

O médio, de 29 anos, anunciou a decisão no domingo, na sua conta na rede social Twitter.

Por Correio da Manhã

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, expressou esta segunda-feira o seu "respeito" pela decisão do futebolista alemão, de origem turca, Mesut Özil, que no domingo anunciou a renúncia à seleção nacional, acusando a federação do país de racismo.

"Como sabem, a chanceler aprecia muito o Mesut Özil. É um jogador de futebol que fez muito pela seleção nacional e tomou uma decisão que deve ser respeitada", disse segunda-feira Ulrike Demmer, porta-voz de Angela Merkel.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login