Médico recorre de indemnização

CM 18 de abril de 2017

Condenado a pagar 120 mil euros a mulher por falha em cirurgia.

Por Correio da Manhã

O médico condenado a pagar uma indemnização a uma doente – ficou incapacitada de urinar e defecar de forma natural após uma cirurgia – vai requerer a nulidade do acórdão proferido pelo Supremo Tribunal de Justiça. Em causa está a condenação do médico, do hospital e de duas seguradoras ao pagamento de 120 mil euros.

"Vamos apresentar uma reclamação ao Supremo Tribunal de Justiça a suscitar a nulidade do acórdão. Entendemos que não se pronuncia sobre questões pendentes do próprio recurso apresentado", explica ao CM o advogado Miguel Brochado, que representa o médico.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login