Luís Onofre, patrão do calçado: "O absentismo nos homens é quase zero e muito grande nas mulheres"

Negócios 09 de setembro de 2017

O presidente da associação do calçado diz que a falta de mão-de-obra é "o principal problema" do sector, além do "factor produtividade". E defende que as horas extraordinárias "sejam um prémio para os funcionários e não taxadas da forma injusta que são".

Por Negócios - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui