Liga rejeita intenção de condicionar liberdade das televisões

Record 05 de janeiro de 2017

"Continuamos a julgar, apesar do acórdão, que não há qualquer interferência ou intenção de limitar a programação televisiva"

Por Record

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login