Indígena faz história ao conquistar lugar no parlamento

CM 03 de julho de 2016

Linda Burney entrou para a política australiana.

Por Correio da Manhã

Uma antiga professora entrou para a história da política autraliana ao tornar-se na primeira mulher indígena a ser eleita para a câmara baixa do parlamento, conquistando um assento pelo Partido Trabalhista (centro-esquerda) nas eleições legislativas.

Linda Burney, de 59 anos, tinha sido pioneira ao ser a primeira mulher aborígene a entrar para o parlamento do estado de Nova Gales do Sul, em 2003.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login