Funcionários públicos promovidos recebem 33% do acréscimo em janeiro

CM 12 de outubro de 2017

Governo propõe reposição por fases de salários e horas extraordinárias nos próximos dois anos.

Por Correio da Manhã

Os funcionários públicos vão receber no próximo ano um terço do valor da progressão na carreira, sendo o restante acréscimo remuneratório pago em dois momentos em 2019, segundo a proposta do Governo enviada esta madrugada aos sindicatos, a que a Lusa teve acesso.

De acordo com o documento do Ministério das Finanças que esta tarde vai ser discutido com os sindicatos, o descongelamento das carreiras será feito em dois anos e não em quatro como inicialmente se previa, mas em 2019 o pagamento será faseado, sendo efetuado em janeiro e dezembro.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login