Estivadores acreditam em solução nos portos até ao final da semana

Negócios 19 de dezembro de 2018

O presidente do Sindicato dos Estivadores disse no Parlamento esperar que até ao fim da semana seja possível declaração de compromisso para futuro, que ponha fim ao que considera ser uma discriminação salarial dos seus associados em Leixões e no Caniçal.

Por Maria Babo - Jornal de Negócios

O presidente do Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logística (SEAL), António Mariano (na foto), adiantou esta quarta-feira, 19 de Dezembro, no Parlamento que, depois do acordo assinado no dia 14 para a integração dos trabalhadores precários de Setúbal, o entendimento pressupõe ainda que os problemas de perseguição dos seus associados em Leixões e Caniçal "estarão resolvidos no final desta semana".

"As restantes condições esperamos que estejam resolvidas até final da semana e em Lisboa até 15 de Janeiro, é essa a promessa que temos do Governo e dos operadores", afirmou o sindicalista.

A greve ao trabalho suplementar decretada em todos os portos nacionais, que teve impacto em Lisboa, Setúbal e Figueira da Foz, começou a 13 de Agosto, estando o pré-aviso válido até ao início do próximo ano.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login