Escritor e antigo jornalista Eduardo Saraiva morreu em Lisboa

CM 29 de março de 2018

Deixa vários livros de contos e crónicas, que assinou com o pseudónimo Eduardo Águaboa.

Por Correio da Manhã

O escritor e antigo jornalista Eduardo Águaboa, pseudónimo de Eduardo Saraiva, morreu na quarta-feira em Lisboa vítima de doença prolongada, disse esta quinta-feira à agência Lusa fonte próxima do autor de "Crónicas do Bar dos Canalhas".

Nascido em Lisboa, de onde emigrou com os pais para o Canadá, Eduardo Águaboa deixou um legado de oito obras, umas com fins de beneficência outros em "autênticas canalhices", como gostava de descrever, aludindo ao título do último livro e também aos lançados em outubro de 2014, "Taras de Lisboa", e junho de 2015, "Taras de Luanda".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login