Costa considera doação de Saramago uma "homenagem à liberdade"

CM 10 de dezembro de 2016

Primeiro-Ministro na cerimónia da oferta à Biblioteca Nacional.

Por Correio da Manhã

O primeiro-ministro, António Costa, considerou este sábado que a doação do espólio de José Saramago à Biblioteca Nacional é uma "homenagem à liberdade" e representa um ato de coragem porque "é a violação total da privacidade".

"Tornar público um espólio é um ato de grande coragem porque é a violação total da privacidade", disse o primeiro-ministro no encerramento da cerimónia de doação do espólio de José Saramago à Biblioteca Nacional, que decorreu esta tarde em Lisboa.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui