Chefe de gabinete de Sócrates apertado no Marquês

CM 30 de julho de 2017

Magistrados da Operação Marquês passam a pente fino a conta bancária na CGD de Guilherme Dray.

Por Correio da Manhã

A conta bancária do ex-chefe de gabinete de José Sócrates está a ser passada a pente fino pelos investigadores da Operação Marquês. O Ministério Público pediu à CGD o extrato com todos os elementos da conta de Guilherme Dray entre 2010 e 2015. O objetivo será averiguar se foram feitos pagamentos suspeitos.

No centro das investigações estão os pedidos de Sócrates ao seu ex-chefe de gabinete para a marcação de encontros com figuras como o antigo presidente do Brasil Lula da Silva e o vice-presidente de Angola, Manuel Vicente, entre 2013 e 2014.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login