Catarina Martins olha com "enorme apreensão" para greve na Autoeuropa

CM 29 de agosto de 2017

Greve contra os novos horários de três turnos e trabalho aos sábados foi aprovada em plenários realizados na segunda-feira.

Por Correio da Manhã

A coordenadora do BE, Catarina Martins, admitiu esta terça-feira ver com "enorme apreensão" o conflito laboral na Autoeuropa e disse esperar que a empresa continue a respeitar os direitos dos trabalhadores, que iniciam esta noite um dia de greve.

"Acho que olhamos todos para a Autoeuropa com uma enorme apreensão, é uma das maiores empresas portuguesas, uma das maiores exportadoras, julgo que tem existido alguma inflexibilidade nestas negociações, preocupa que a administração também diga que agora não quer negociar", afirmou Catarina Martins.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login