Caso Huawei: Dirigentes da Saúde põem lugar à disposição, ministro prefere esperar

Negócios 28 de agosto de 2017

Seis dirigentes da Saúde colocaram hoje os lugares à disposição, na sequência da polémica das viagens pagas por um parceiro da Huawei à China. O ministro apreciou o gesto, mas prefere esperar pela IGAS antes de aceitar a saída dos seis dirigentes.

Por Bruno Simões - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login