Cadastrado por tráfico de droga fica com arma

CM 18 de março de 2019

Relação diz que condenado por tráfico tem "idoneidade".

Por Sérgio A. Vitorino - Correio da Manhã

A PSP quis impedir que um cadastrado, que cumpriu pena de 5 anos e 6 meses de prisão por tráfico internacional de droga, pudesse ter acesso a armas, negando-lhe a renovação da licença de uso e porte por "falta de idoneidade".

Mas o Tribunal da Relação de Lisboa deu razão a um recurso do homem e manda a Polícia dar-lhe a licença. Sustenta que ele não cometeu crimes violentos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login