Bolsa nacional desce quase 1% à boleia do pessimismo da Europa

Negócios 06 de julho de 2016

A bolsa nacional segue em queda pela segunda sessão consecutiva, penalizada sobretudo pela Nos e pela Galp Energia. A operadora negoceia em mínimos de 2015, enquanto a Sonae está no valor mais baixo em três anos.

Por Rita Faria - Jornal de Negócios

A bolsa nacional está a acentuar a tendência negativa do início da sessão, acompanhando o pessimismo que marca a negociação na Europa. O PSI-20 desce 0,96% para 4.350,44 pontos, com 13 cotadas em queda, quatro em alta e uma inalterada.
No Velho Continente, os principais índices bolsistas perdem mais de 1%, reflectindo os receios crescentes em torno da saúde da banca italiana e do impacto do Brexit na economia mundial. O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, está em queda pela terceira sessão consecutiva, com um deslize de 1,3% para 319,96 pontos.O sector automóvel, a banca e os seguros são os sectores mais penalizados, numa altura em que o espanhol IBEX, o alemão DAX e o francês CAC40 apresentam as maiores descidas, superiores a 1,8%. Pelo contrário, a bolsa de Atenas é a que menos cai, com um deslize de apenas 0,27%.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login