Bens de consumo e energia ditam queda da produção industrial em 2018

Negócios 30 de janeiro de 2019

A produção das indústrias portuguesas recuou 0,1% no ano passado, depois de ter crescido 3,9% em 2017, revela o INE.

Por Rita Faria - Jornal de Negócios

Depois de ter crescido 3,9% em 2017, a produção industrial portuguesa caiu no ano passado, penalizada pela maioria dos agrupamentos, incluindo bens de consumo, bens intermédios e energia. Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), revelados esta quarta-feira, 30 de janeiro, só mesmo os bens de investimento tiveram, no ano passado, um desempenho mais positivo do que em 2017, com uma subida de 5,6%.

No conjunto do ano, os bens de consumo caíram 0,5%, depois da subida de 4,4% em 2017, os bens intermédios desceram 1,9%, após a subida de 2,9% no ano anterior, e a energia recuou 0,3%, após um crescimento de 4,7% em 2017.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login