Associação de Vítimas dos fogos considera ajustado valor de indemnizações

CM 28 de novembro de 2017

Responsáveis lamentam atrasos na avaliação da tragédia.

Por Correio da Manhã

A Associação que representa os lesados pelos incêndios de 15 de outubro considerou esta terça-feira "ajustada" a atribuição de um valor mínimo de 70 mil euros nas indemnizações por morte, mas lamentou atrasos na avaliação da tragédia.

O Conselho para a atribuição de indemnizações às vítimas dos incêndios entregou esta terça-feira o relatório ao primeiro-ministro, fixando em 70 mil euros o valor mínimo para privação de vida, ao qual se somam ainda mais dois critérios: sofrimento da vítima antes da morte e danos próprios dos familiares mais próximos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login