António Costa afasta mexidas nas horas extra e nos dias de férias

Negócios 05 de dezembro de 2016

O primeiro-ministro fechou a porta a alterações ao Código do Trabalho que impliquem aumentos no valor das horas extraordinárias ou nos dias de férias. A prioridade será resolver os casos de precariedade e a contratação colectiva.

Por Bruno Simões - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login