António Costa acredita que posição do Eurogrupo sobre OE vai trazer calma a mercados

Negócios 11 de fevereiro de 2016

O primeiro-ministro admite que o Orçamento do Estado influencia a evolução do mercado de dívida, contrariando Manuela Leitão Marques, que falou em "coincidência temporal".

Por Diogo Cavaleiro - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login