Antigo enfermeiro admite ter matado 100 pacientes na Alemanha

CM 31 de outubro de 2018

Niels Högel admitiu os crimes na primeira sessão do julgamento.

Por Francisco J. Gonçalves - Correio da Manhã

O antigo enfermeiro Niels Högel admitiu esta terça-feira ter matado 100 pacientes em dois hospitais do norte da Alemanha.

A confissão teve lugar no primeiro dia do julgamento do mais letal homicida em série da Alemanha do pós-guerra. "Tudo quanto admiti é verdade", afirmou o assassino, quando o juiz Sebastian Buehrmann lhe perguntou se as acusações eram válidas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui