Amir é o primeiro jogador na história do Marítimo presente num Campeonato do Mundo

CM 20 de maio de 2018

Guarda-redes mostra "grande orgulho" por fazer parte da equipa de Carlos Queiroz.

Por Correio da Manhã

O guarda-redes Amir Abedzadeh disse sentir um "grande orgulho" em ser o primeiro jogador do Marítimo a estar presente no Mundial, prova em que vai defrontar Portugal ao serviço do Irão, treinado por Carlos Queiroz.

"É uma grande honra ser o primeiro jogador do Marítimo a estar presente num Campeonato do Mundo. Tenho de agradecer a todos, desde técnicos, a colegas da equipa, a todo o 'staff', aos adeptos pelo apoio que sempre me deram e um muito obrigado ao senhor presidente (Carlos Pereira)", afirmou, em declarações reproduzidas no sítio oficial do clube insular.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui