Bebé trucidado por comboio tinha escapado de morte na estrada

CM 23 de setembro de 2017

Mãe de 23 anos, novamente grávida, foi presa e solta por falta de cuidado com filho que morreu colhido.

Por Correio da Manhã

A mãe do pequeno Rafael, de 27 meses, que foi atropelado quinta-feira por um comboio na linha da Beira Alta, na Guarda, a mais de 100 quilómetros/hora, foi detida pela Judiciária, pelo crime de exposição ou abandono, agravado pela morte do filho.

Não foi a primeira vez que o bebé fugiu aos cuidados da mãe, uma jovem de 23 anos que está novamente grávida. O menino tinha inclusivamente, dias antes, fugido para a estrada nacional junto à sua casa, onde passam carros a grande velocidade. Escapou por pouco da morte.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui