Pobreza, crime e 'vistas privilegiadas', a vida nos bairros sociais
23 de setembro de 2020André Rito

Pobreza, crime e "vistas privilegiadas", a vida nos bairros sociais

Inês de Medeiros, autarca de Almada, elogiou os bairros sociais da cidade, "com uma vista invejosa". Na Grande Lisboa, mais de mil famílias vivem em condições desumanas. No Porto, o Bairro do Cerco continua a ser dos mais perigosos.

55 faturas suspeitas tramaram Isabel dos Santos
03 de agosto de 2020SÁBADO

55 faturas suspeitas tramaram Isabel dos Santos

Acórdão do Tribunal Supremo de Angola revela que foram enviados documentos sem certificação para pagamento da Sonangol após a exoneração da investidora angolana do conselho de administração.

Covid-19: Carris aumenta oferta nos dias úteis
29 de março de 2020Lusa

Covid-19: Carris aumenta oferta nos dias úteis

De acordo com a empresa de transporte público, as carreiras 703, 709, 714, 717, 753 e 758 passam a operar com horário de verão de dia útil, e as 711, 713, 728, 736, 746, 748, 750, 751, 756 e 764 vão trabalhar com horário de agosto.

3
O sindicato que promete parar o País (outra vez)
30 de julho de 2019Sara Capelo

O sindicato que promete parar o País (outra vez)

A 12 de agosto, arranca mais uma greve convocada pelo Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e pelo Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM).

Sabrina: Banda desenhada para levar a sério
15 de maio de 2019Markus Almeida

Sabrina: Banda desenhada para levar a sério

A primeira nomeação de uma novela gráfica para o Man Booker Prize agitou o meio literário. Aconteceu em 2018 com Sabrina, de Nick Drnaso, que acaba de ser editado em português. Pretexto para revisitar outros títulos marcantes desta forma de arte e para uma conversa com o autor

Quando as fábricas despedem centenas de uma vez
01 de maio de 2019Tiago Carrasco

Quando as fábricas despedem centenas de uma vez

Ruínas, desemprego, migração: os despedimentos coletivos mudam a geografia humana. Rafael vai ter de voltar às obras. Jorge já teve fila à porta mas agora só serve três almoços. Um autarca não sabe o que fazer ao mono físico do que foi em tempos uma indústria. Lições do passado recente e 105 casos de agora.

Retornados (2.ª parte)

As boas políticas migratórias que os governos conduziram no passado para resolver o problema dos retornados talvez sirvam, no presente, para a elaboração de programas que poderão ser benéficos na resolução dos problemas dos imigrantes que aportam diariamente nas costas do Mediterrâneo

O moralista

A monstruosa perfeição

A perfeição é fascista. Os raros intérpretes que a alcançam - Nijinski, Nureyev, Nadia Comaneci, Katarina Witt - são escravos da solidão e prisioneiros do seu cérebro, porque a exigência da arte que os escolheu não deixa espaço aos outros - não deixa, ironicamente, espaço à vida

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)