Pinho legalizou 2,7 milhões de euros através de perdão fiscal

SÁBADO 05 de dezembro de 2018

O ex-ministro socialista terá, em 2012, aproveitando o perdão fiscal concedido pelo Governo, conseguido "limpar" cerca de 2,7 milhões de euros que tinha em offshores.

O ex-ministro Manuel Pinho terá legalizado mais de 2,7 milhões de euros que estavam depositados em contas bancárias de sociedades offshore, na Suíça, desde o final de 2010. Para o conseguir fazer, o economista aproveitou o perdão fiscal concedido pelo governo de Passos Coelho, em 2012.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais