Da “Portugalidade” ao “Russismo”
Nuno Rogeiro
20 de junho

Da “Portugalidade” ao “Russismo”

Sobre antigas e novíssimas doutrinas políticas, com significado mais ou menos “ideológico”. Umas reconhecem naturalmente o mundo conquistado. Outras querem conquistar o mundo

Há o Portugal das bandeirinhas, dos desfiles, dos cumprimentos em fila aos venerandos chefes de Estado, dos “vivinhas” aos dignitários e das bênçãos obrigatórias às massas, sempre sorridentes face ao poder.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Opinião Ver mais