17 euros e uma linha vermelha
João Paulo Raposo Secretário-geral da Associação Sindical dos Juízes Portugueses
18 de setembro de 2017

17 euros e uma linha vermelha

Se dissermos que isto desprestigia, desmotiva e afasta muita gente da carreira, arriscando-nos, a médio prazo, a ter como juízes só juristas de segunda apanha, ainda estamos a dizer pouco

17 euros. É esta a diferença de vencimento líquido entre a esmagadora maioria dos juízes de 1ª instância e os Juízes Desembargadores dos Tribunais da Relação e Centrais Administrativos. Isto não é teoria. Foi olhar para dois recibos de vencimento lado a lado. Haveria diferença nas retenções fiscais mas, tudo visto e somado, o simbolismo fica: - 17 euros de diferença.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui