José Sócrates e Ivo Rosa: a mesma luta
João Paulo Batalha
22 de junho

José Sócrates e Ivo Rosa: a mesma luta

O juiz “das liberdades” e o arguido dos “bons modos” são hoje os grandes promotores de uma justiça obsequiosa e obediente. A bem da democracia, não podem ganhar.

Às vezes o mundo mexe-se debaixo dos nossos pés sem nos apercebermos. José Sócrates descobriu isso numa noite de novembro de 2014, quando foi detido no aeroporto de Lisboa por suspeitas de corrupção. Até esse momento, estava convencido (ele e o resto de nós) de que, em Portugal, cavalheiros como ele nunca são beliscados pela justiça. Desde esse dia, a luta do ex-primeiro-ministro é para recuperar a impunidade cómoda que lhe tiraram.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui