Trump ataca OMS e insinua que EUA poderão reduzir financiamento

Jornal de Negócios 07 de abril de 2020

O presidente dos Estados Unidos atacou esta terça-feira a forma como a OMS está a lidar com a pandemia e deixa no ar a ameaça de Washington de reduzir o financiamento à organização.

O presidente norte-americano criticou esta terça-feira a forma como a Organização Mundial de Saúde (OMS) lidou e está a lidar com a pandemia da covid-19 e insinuou que os EUA poderão rever o financiamento à entidade.

Através da rede social Twitter, Donald Trump acusou a OMS de estar muito "centrada na China" e de ter feito recomendações erradas.

"A OMS falhou em toda a linha. Por alguma razão, financiada em grande medida pelos Estados Unidos, mas muito centrada na China. Vamos olhar para isso atentamente. Felizmente rejeitei o seu conselho de manter as nossas fronteiras abertas à China no início. Porque é que deram uma recomendação tão errada?", escreveu Trump.


Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais