Raptada em bebé reencontra família após 40 anos

Raptada em bebé reencontra família após 40 anos
Mariana Branco 06 de dezembro de 2017

Entre 1976 e 1983 várias crianças foram tiradas a presos políticos e entregues a outras famílias. Adriana foi a 126.ª bebé a ser raptada nesse período.

Uma mulher raptada em bebé a presos políticos, na Argentina, encontrou agora a sua família biológica.

"Tenho uma família bonita. Tenho uma avó, não posso acreditar, com 40 anos tenho uma avó e posso falar com ela. Já gosto dela!", disse Adriana – que não quis tornar o seu apelido público – numa conferência de imprensa esta quarta-feira. A mulher vai poder agora conhecer a sua avó, Blanca Díaz de Garnier, de 86 anos.

Entre 1976 e 1983 várias crianças foram tiradas a presos políticos e entregues a outras famílias. Adriana foi a 126.ª bebé a ser raptada nesse período.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais