Erdogan avisa EUA: Jerusalém capital de Israel é "linha vermelha" para muçulmanos

Cátia Andrea Costa 05 de dezembro de 2017

Presidente turco garante que corta relações diplomáticas com Israel, caso Trump declare Jerusalém capital do país.

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, deixou esta terça-feira um aviso ao presidente dos EUA, Donald Trump: caso a Casa Vranca reconheça Jerusalem como capital de Israel, Ancara irá cortar relações diplomáticas com Telavive. Segundo a Reuters, o chefe de estado turco garantiu que tal decisão é uma "linha vermelha" para os muçulmanos. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais