Carminho leva o seu disco mais pessoal de sempre aos coliseus

A memória norteia a consagração da fadista nos coliseus de Lisboa e do Porto: concertos a 24 e 25 de maio baseiam-se no seu novo álbum, mas lembra todo o seu percurso, desde a infância

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 6 a 12 de maio
As mais lidas GPS
Rita Bertrand 24 de maio de 2019

Não foi por acaso que intitulou o seu novo concerto, que apresenta a 24 de maio no Coliseu do Porto e no dia seguinte no de Lisboa, de Maria - O Nome da Memória. Há razões por detrás da escolha: é que Maria, o nome que batiza o seu mais recente disco (o primeiro de originais desde Canto, de 2014, e o sucessor do álbum de 2016 em que recriava canções do brasileiro Tom Jobim), não é apenas o seu primeiro nome próprio - chama-se Maria do Carmo -, mas também "um símbolo da alma portuguesa".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)